O que é um OPEA?

Os Objetos Projetados no Espaço Aéreo (OPEA) podem ser edificações comerciais ou residenciais, torres, mastros, galpões, linhas de transmissão de energia, ou parques eólicos, dentre outros, cujas dimensões se projetem no espaço aéreo e possam causar efeito adverso nas superfície limitadoras de obstáculos (OLS), que por sua vez, protegem o voo nas condições normais e de contingência, de pendendo da superfície.

Na definição da Instrução do Comando da Aeronáutica (ICA) 11-3/2018, OPEA é:

Todo objeto, de qualquer natureza, temporária ou permanente, fixa ou móvel, sujeito à análise sob os aspectos de uso do espaço aéreo nacional, utilizando-se os parâmetros estabelecidos na Portaria nº 957/GC3 que dispõe sobre as restrições aos objetos projetados no espaço aéreo que possam afetar adversamente a segurança ou a regularidade das operações aéreas ou em norma complementar do COMAER.

Exemplos de OPEA atrativos de fauna:  abatedouro, aterro sanitário, curtume e estação de transbordo de resíduos sólidos (conforme PCA 3-3).

Mais informações sobre OPEA estão disponíveis na Portaria nº 957/GC3, de 2015, disponível em Publicações DECEA.

Esse artigo foi útil?

Artigos Relacionados