Como deve ser feita a sinalização de turbinas eólicas?

As turbinas eólicas serão sinalizadas e iluminadas quando classificadas como obstáculos.  Conforme a Portaria 957/GC3:

Art. 76. A sinalização de uma turbina eólica deve ser realizada por meio da pintura, na cor branca, das pás do rotor, da nacele e do mastro, conforme ilustrado na figura 5-9 A.

§1º. Quando o padrão citado no caput deste artigo não for suficiente para contrastar a turbina eólica com o meio circunvizinho, deverá ser utilizado o esquema de pintura apresentado na figura 5-9.B, no qual as pás são sinalizadas com faixas laranja (ou vermelha) que se estendem por 6 metros a partir de 300 mm da extremidade da pá.

§2º. Mastros de torres eólicas construídos em estruturas treliçadas devem ser submetidos a padrões de pintura apresentados no Art. 69, alternando faixas laranja (ou vermelha) e branca, conforme ilustração da figura 5-9.C.

Figura 5-9.A: Sinalização de turbinas eólicas – condição padrão
Figura 5-9.B: Sinalização de turbinas eólicas – condição que requer necessidade especial de contraste com o meio circunvizinho.
Figura 5-9.C: Sinalização de turbinas eólicas – condição em que os mastros são construídos em estruturas treliçadas.

Mais esclarecimentos estão disponíveis na Portaria 957/GC3, disponível em Publicações DECEA.

Esse artigo foi útil?

Artigos Relacionados